quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Polícia apreende 78 celulares, 3 Kg de drogas e 6 facas no presídio de Feira

Material apreendido
 Na manhã desta quarta-feira (17/12), A Polícia Militar através da Companhia Independente de Policiamento Especializado (CIPE) Litoral Norte, a conhecida Caatinga realizou uma revista nas celas do Conjunto Penal de Feira de Santana, especificamente no Pavilhão 10. Quatro guarnições da Caatinga com apoio do Tático Móvel de Feira participaram da revista.

Na ação os militares revistaram 38 celas, que resultou na apreensão de 78 celulares, uma faca artesanal, 6 peixeiras e aproximadamente 3kg de drogas. Além de carregadores, chips, cartões de memória, pendrives, balanças eletrônicas. A revista teve início às 9h e terminou por volta das 13h.
Toda a droga foi encaminhada para a Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE) e o restante do material será enviado para Salvador, para que as autoridades responsáveis tomem as devidas providencias.

Policia apreende milhares de pares de tênis no Feiraguay

Ação policial
 Após a apreensão de milhares de relógios contrabandeados e falsificados no dia 13 de novembro deste ano, Receita Federal, em ação conjunta com a Polícia Civil, apreendeu cerca de quatro mil pares de tênis em um depósito localizado no Feiguaray, na manhã desta quinta-feira (18), em Feira de Santana.

De acordo com a delegada Carla Ramos, foram necessárias 41 sacolas grandes para transportar em um caminhão, a mercadoria apreendida. Segundo ela, a origem dos tênis com marcas falsificadas será investigada, mas a principal suspeita é de que vieram da China.
O objetivo desta operação é coibir a venda de produtos falsificados ou contrabandeados. Sabemos, inclusive, que o mau uso de tênis acarreta em diversas lesões nos consumidores principalmente nas articulações e esse tipo de produto falsificado deve ser combatido [por não seguir padrões que evitam problemas de saúde] ”, informou a delegada.
 
Segundo ela, a polícia chegou ao depósito após investigações. O proprietário da mercadoria não foi localizado e ninguém foi preso. “Os tênis apreendidos ficarão retidos na Receita porque, além do procedimento criminal, tem o procedimento administrativo que tem como pena a perda dos bens e multa”, informou.
Carla Ramos informou também que um inquérito policial foi aberto para identificar o dono dos produtos falsificados e que as operações de combate ao contrabando vão continuar. Duas equipes da Polícia Civil, compostas por dez policiais, e outras duas equipes da Receita Federal, com dez agentes, participaram da operação que contou com o apoio da secretaria da Fazenda, através dos balanceiros e do caminho usado para levar as mercadorias.
 
Fotos e informações do repórter Paulo José do Acorda Cidade

Grupo armado assalta banco e leva reféns em Nordestina

Veículo abandonado
 Uma agência do Banco do Brasil foi invadida por um grupo armado na manhã desta quinta-feira (18/12), em Nordestina, distante cerca de 342 km de Salvador. De acordo com informações da delegacia da cidade, cerca de 10 homens assaltaram a agência por volta das 9h.

Na ação, os bandidos também fizeram clientes e funcionários reféns. Após assaltarem o banco, os bandidos ainda sequestraram algumas pessoas. Ainda não há informações sobre quantas e nem sobre quem são as pessoas levadas. 
Ainda de acordo com a polícia, um dos carros usado no assalto, modelo Ônix, foi achado incendiado na região do povoado Angico, em Cansanção.  Outro foi encontrado abandonado próximo ao povoado de Santo Ambrósio.  
 
Fotos do Calila Notícias

Cultura e Arte Educação Empregos Esporte Local Esporte Nacional Geral Micareta Mundo Nacional Notícias Local Polícia Política Saúde Variedades Vídeos Polícia Federal confirma que houve vazamento da prova de redação do Enem

Prova em celular
 A Polícia Federal confirmou nesta quinta-feira (18) o vazamento do tema da prova de redaçãodo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2014. Pelo menos três estudantes tiveram acesso à prova antes da realização do exame no dia 12 de novembro deste ano.

O delegado regional de Combate ao Crime Organizado da Superintendência da PF, no Piauí, Alexandre Uchôa, disse que não há indícios de que a prova foi divulgada em massa. Ele disse ainda que não há como identificar se houve falha no esquema de segurança montado para a impressão dos cadernos de questões.
 
A denúncia do vazamento da prova partiu de estudantes do Piauí. A imagem com o tema da redação teria sido compartilhada através do aplicativo Whatsapp, às 10h47, uma hora e 13 minutos antes da aplicação da prova. 
 
O estudante fez um vídeo em que mostra a imagem no celular. “Quando eu cheguei que recebi o caderno de questões eu constatei que o tema da redação era o mesmo da imagem que eu havia recebido", disse Jomásio Barros, de 17 anos.
 
A imagem circulou entre vários grupos de estudantes horas antes do início da prova. "Eu vi essa imagem às 10h54, no domingo, antes da prova. Então, eu não tenho nenhuma dúvida que essa prova vazou", disse uma jovem ao Bom Dia Brasil.
 
Logo após a divulgação do vídeo, o estudante disse que foi criticado e outros divulgaram da informação. Outros o incentivaram a denunciar o caso.
 
Leia nota na íntegra do Inep
 
“Na noite da quarta-feira, 12, três dias após a aplicação do Enem, o Inep recebeu mais uma denúncia, entre várias outras que se mostraram infundadas, sobre um estudante que supostamente teria recebido o tema da redação do Enem 2014 via celular minutos antes da prova. Dentro dos rigorosos procedimentos de segurança e de controle de sigilo do Enem 2014, não existe qualquer indício de tal fato. A Polícia Federal, que trabalha em parceria com o Inep para garantir a segurança do Exame, apreendeu o aparelho e está realizando a perícia no celular. O Inep esclarece que toda e qualquer denúncia será apurada com rigor.”
 
Informações do CORREIO 24 HORA

Polícia Civil de Feira desarticula quadrilha envolvida em homicídios e trafico de drogas

Acusados presos
 Policiais Civis da 1ª Coordenadoria de Polícia Civil de Feira de Santana, da Delegacia de Tóxicos Entorpecentes (DTE) e do Departamento de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP) de Salvador, sob o comando respectivamente do Coordenador Ricardo Brito; Delegado Matheus Souza e o coordenador Fábio Lordello desarticularam, nesta quarta-feira (17/12), uma quadrilha envolvida em diversos homicídios e no trafico de drogas, em Feira e região.

No total foram nove pessoas presas.Os criminosos foram identificados como: Wanderson Souza Machado, conhecido como “Ua”, o irmão Alex Fontes Machado; Ubiratania Araújo da Silva; Lucas Silva de Almeida; Edjane da Silva Farias; Moises Brasileiro de Jesus; Giovane de Jesus Lobo, o “Boquinha”; Newullian Silva de Souza, o Ney e Luiz Alberto de Brito Euclides, o Beto. Eles foram presos quando tentavam viajar numa van para Região Metropolitana de Salvador, onde se escondiam e tramava os crimes em uma residência na Costa do Sauipe.
Com a quadrilha, os policiais encontraram dois revolveres calibres 38 e um Magno 357; uma pistola ponto 40 da Polícia Civil da Bahia, provavelmente tomada de assalto, além de um tablete e 500g de maconha prensada, várias pedras de crack prontas para vendas, centenas de bucha de maconha e várias munições de diversos calibres principalmente de pistolas.
 
O coordenador Ricardo Brito afirmou que a quadrilha traficava drogas e vinha praticando vários homicídios em toda a cidade de Feira de Santana e em outros municípios. Os integrantes recebiam ordem de detentos do Conjunto Penal de Feira de Santana constantemente, para praticar os delitos.
 
“Eles recebiam ordem de dois chefões das facções, onde os dois encontram-se presos, mas comanda o tráfico e ordem para matar e outros tipos crimes de dentro do presídio. Sendo que, Ua chefia a quadrilha do lado de fora, ou seja, o chefão comanda de dentro do presídio e Ua, ordena a matança, o tráfico e outros crimes aqui fora”.
Ainda de acordo com a polícia, os criminosos foram autuados em flagrante por tráfico de drogas, porte ilegal de arma, associação ao trafico, sendo que no caso de Ua, além desses crimes, ele responderá por homicídios triplamente qualificados. Alex irmão de Ua foi preso na tarde desta quarta-feira no Terminal Rodoviário quando tentava viajar para Itabuna com um revolver 357.

Decapitação
Ricardo Brito abordou ainda que a quadrilha é responsável pelo sequestro e decapitação do traficante identificado como Teinha. “A cabeça dessa vitima foi colocada na porta de uma residência no Vila Verde, no mês passado e que o principal autor desse crime foi Ua. Além desse crime, a quadrilha também é acusada de filmar a morte de um jovem e colocar em rede social.
Esse crime aconteceu na localidade da Cabrita no mês de Abril deste ano. O duplo homicídio que vitimou um casal no interior de um veiculo na avenida Canal. O homicídio que vitimou o ex-segurança do melo Matos, crime ocorrido no Feira IV. Além de outros crimes”.
Na delegacia, Ua alegou que não participou da morte de Teinha, mas confirmou a participação em outras mortes como a do jovem que foi filmado por eles no momento que os matavam. Ele também confessou que a apreensão de 50 Kg de maconha ocorrido na semana passada, lhe pertence.
 
Apreensão de Drogas
Policiais do Serviço de Investigação da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE) de Feira de Santana, sob o comando do delegado Matheus Souza apreenderam na tarde de ontem (4), cerca de 80 quilos de drogas durante duas operações realizadas na Expansão do conjunto Feira IX. A primeira apreensão foi feita na Travessa José Raimundo, onde traficantes trocaram tiros com os policiais. Os bandidos conseguiram fugir e ninguém ficou ferido. Os policiais apreenderam aproximadamente 50 kg de maconha, além de maconha prensada, armas, munição, cocaína, crack e uma algema.
 
Cabeça Encontrada
Moradores da localidade conhecida como Vila Verde, no Conjunto Feira X encontraram a cabeça de um jovem dentro de um saco plástico, na frente de uma residência, na Rua C17, do Vila Verde, no inicio desta manhã (23), por volta das 8 horas. A vitima foi identificada por familiares como Marcelo Roberto Pinho, conhecido como “Teinha”, que residia na rua Augusto dos Anjos na Rua Nova.

Corpo é encontrado com mais de 40 tiros no distrito de Maria Quitéria

Vinicius Tanan
 O corpo do jovem Vinicius Tanan Borges, que tinha 22 anos foi encontrado na manhã desta quarta-feira (17/12) na localidade Lagoa Grande, distrito de Maria Quitéria, em Feira de Santana apresentando cerca de 40 perfurações provocadas por arma de fogo.

De acordo com a delegada Herudina Nunes Neta Lima, o reconhecimento foi feito, posteriormente, pela mãe da vítima. Vinicius trabalhava como algodoeiro e morava na Rua São Luiz, bairro Tanque da Nação. De acordo com a mãe da vítima, em depoimento na delegacia, ele saiu de casa na terça-feira (16) e não retornou. A família chegou a prestar uma queixa de desaparecimento.
 
Pessoas que moram próximo ao local onde o corpo foi encontrado informaram que ouviram os tiros por volta das 17h30 da terça. A delegada disse que, provavelmente, o homem foi assassinado no mesmo local, já que cápsulas de balas foram encontradas próximo ao corpo.
 
A moto em que a vítima estava quando saiu de casa foi encontrada abandonada. De acordo com a delegada Herundina, a suspeita é que ela estava sendo usada para praticar assaltos. O veículo foi levado para a delegacia.

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Assaltante capota veículo durante perseguição policial

Local do acidente
 Um assaltante capotou um veículo Pálio Preto, na Avenida João Durval, em Feira de Santana, durante uma perseguição policial.   Itamar Soares Alexandre, natural de Candeias, foi preso e autuado em flagrante após assaltar uma gestante na noite de segunda-feira (15).

Segundo informações dos policiais que participaram da ação, Jeane Silva, 29 anos estava parada em uma sinaleira na avenida, quando uma dupla de moto parou ao lado e o carona desceu anunciando o assalto.
 
Itamar pegou a direção do veículo e na fuga avançou um sinal vermelho chamando atenção de uma viatura na Polícia Militar, da Peto 67, que iniciou a perseguição.
 
O assaltante perdeu a direção do veículo e capotou. Logo em seguida os policiais o prendeu. O comparsa fugiu. O acusado foi encaminhado para o Conjunto Penal de Feira de Santana. 
 
Fotos de internautas enviadas via WhatsApp