quarta-feira, 25 de março de 2015

PM frustra assalto a banco e prende dois em Monte Santo

Local do crime
 Uma tentativa de assalto a uma agência do Banco do Brasil foi frustrada pela Polícia Militar na madrugada desta quarta-feira (25), no município de Monte Santo, distante a 373 quilômetros de Salvador. Segundo informações da Polícia, os PMs, que já investigavam a ameaça de assalto à agência, desconfiaram da atitude do grupo e realizaram uma abordagem.

Os policiais avistaram dois homens próximos a uma casa localizada no centro da cidade de Monte Santo, enquanto parte do grupo deixava o local em um veículo modelo Corolla.
Durante a abordagem, os criminosos que estavam no carro trocaram tiros com a policia. Melquíades Quinto de Jesus, conhecido como Binho, e Adelmo de Souza Neves, que estavam a pé, foram presos. Com eles, foram encontrados cinco armas de fogo, 109 munições de diversos calibres, além de material utilizado para explodir caixas eletrônicos.
 
Em depoimento, eles confessaram a intenção de assaltar uma agência do Banco do Brasil, localizada no município. Os criminosos que estavam no veículo que trocou tiros com os PMs abandonaram o carro a 200 metros do local do tiroteio e fugiram a pé. Ninguém ficou ferido.
Com os acusados foram aprendidos: um veículo Toyota Corolla de cor prata, placa policial HJX-1920 de Feira de Santana, um Citrôen C4 de cor Branca placa policial NTF-0838 de Feira de Santana, um Fox de cor prata e placa policial OUF-8285, uma moto Honda 150cc cor vermelha sem placa, e uma Honda Biz 125 também sem placa. Além de uma submetralhadora, uma pistola Glock 9mm, três celulares, 1 pedra de crack e explosivo plástico conhecido como C4, muita munição, 2 38, 1 12 e entre outras.
 
Dentro do veículo Corola abandonado pelos bandidos, foram deixados dois documentos pessoais de Leonardo Almeida Barreto e Pedro de Jesus Santos. Ambos possuem antecedentes criminais por furto, roubos a veículos e receptação.
No interior da residência ainda foram encontrados ainda uma Honda Biz sem placa, uma CG Titan 150 também sem placa, e um veículo modelo Fox, de cor prata.A Polícia Militar segue em diligência com intuito de prender os foragidos.

terça-feira, 24 de março de 2015

Detento beneficiado com saída temporária é assassinado com dezenas de tiros

Local do crime
 O detento, Valnei Barbosa Bispo, 30 anos, conhecido como "Garoto", que residia em Feira de Santana foi assassinado com dezenas de tiros, de armas de diversos calibres, como espingarda calibre 12, pistolas Ponto 40, 380 e 9 mm. O crime aconteceu na manhã desta terça-feira (24/03), no município de São Gonçalo dos Campos.

O corpo de Valnei foi encontrado algemado, em uma estrada de chão, na localidade conhecida como "Bebe Água", Zona Rural de São Gonçalo. Segundo informações da polícia local, moradores da região informaram que ouviram diversos estampidos de tiros, por volta das 10 horas desta terça, mas nada foi divulgado com relação aos assassinos.
Segundo informações da Polícia Civil de Feira de Santana, o homem tinha várias entradas em delegacias por tráfico de drogas, porte ilegal de arma, suspeita de homicídio e tentativa de homicídio. 
 
O mesmo tinha saído do Conjunto Penal de Feira de Santana no último dia 18, durante a Saída Temporária da semana Santa e teria que retornar ao Conjunto Penal no final da tarde desta terça.
 
Valnei Barbosa Bispo, 30 anos, conhecido como "Garoto" preso pela PM
 
Policiais da Delegacia Territorial de São Gonçalo, juntamente com peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Feira de Santana, compareceram ao local do crime, onde realizaram o levantamento cadavérico e deram inicio as investigações.
 
Os peritos informaram que, visivelmente, "Garoto" teve aproximadamente 40 perfurações no corpo. E no local do crime, os peritos recolheram várias cápsulas de diversos calibres.

Presidiário beneficiado com saída temporária é preso após roubar carro

Local da prisão
 O presidiário, Clóvis Bernardo Ribeiro Júnior (foto), 39 anos, conhecido como “Junior Cicatriz” e Hiago dos Santos Matias, 23anos foram presos, na tarde desta terça-feira (24/03), por policiais militares da equipe Peto 66, após os dois terem assaltado uma mulher e levado o veículo Focus branco, de placa NZA-9788, que estava com ela.

Segundo a polícia a vítima foi abordada pelos dois, na Rua Fernando Ferrari, no bairro Brasília, em Feira de Santana. A polícia foi acionada e os policiais, sob o comando do soldado Brito e com o apoio de cerca de mais seis viaturas conseguiram interceptar o veículo roubado na Avenida Eduardo Fróes da Mota, próximo à entrada do bairro Santo Antônio dos Prazeres. 
A dupla foi presa em flagrante e autuada pela delegada Herundina Nunes, no Complexo de Delegacias, no bairro Sobradinho, onde foi apresentada.
 
Segundo a polícia, Clóvis reside no bairro Brasília e cumpre pena há dez anos no Conjunto Penal de Feira de Santana pela prática de assalto e foi beneficiado com a saída temporária de Semana Santana, na última quinta-feira (19). Ele deveria retornar hoje (24) espontaneamente. Hiago reside na cidade de Lauro de Freitas.

Mãe é investigada suspeita de vender bebê na cidade de Feira de Santana

Acusada
 Mais um caso suspeito de compra de bebê é investigado pela Polícia Civil de Feira de Santana após denúncia anônima recebida nesta segunda-feira (23/03) pela delegacia Claudine Passos, da Delegacia do Adolescente Infrator (DAI). A principal suspeita é a mãe, de 22 anos, que prestou depoimento na unidade. "Estamos apurando se foi venda ou se recebeu recompensa", afirmou a delegada.

A mãe compareceu à delegacia junto com o bebê, que nasceu no dia 1° de março e tem apenas 22 dias de vida. Segundo a delegada, a denúncia anônima informou que a "venda" teria sido por R$ 4 mil. Claudine Passos constatou que o nome do pai foi trocado na certidão de nascimento. Como justificativa, a mãe alegou que o pai biológico é um presidiário e que ela o substituiu com o nome de uma outra pessoa que conheceu na cidade de Alagoinhas para conseguir emprego.
"Na certidão, tem outro pai que não é o biológico. Ela foi passear em Alagoinhas e lá conheceu um homossexual. Ele teria sugerido a ela registrar o filho como sendo dele. Em troca, ele daria emprego para ela e uma amiga. Se houve pagamento, foi dele, que registrou a criança. Nós já checamos no presídio e ela costumava visitar um rapaz como sendo a sua esposa", explica. A delegada afirma que ela vai responder ao caso em liberdade.
 
Outro caso
Em janeiro deste ano, a compra de um bebê por R$ 5 mil também passou a ser investigada na delegacia de Feira de Santana. A mãe biológica do bebê é de Fortaleza, no Ceará. Ela disse à polícia que não recebeu dinheiro e deu a criança por não ter condição financeira de criá-la.
 
A mulher de 27 anos tem dois filhos criados pelo pai biológico. A menina entregue à família da Bahia é o terceiro filho da diarista, de pai diferente. Ela ficou 40 dias internada quando recebeu alta no dia 10 de março.
 
O casal de Feira de Santana suspeito de comprar a criança chegou a ser preso, mas foi liberado do presídio regional por meio de alvará de soltura concedido pelo plantão judiciário. O advogado dos suspeitos, Guga Leal, negou que o eles tenham comprado a menina. Segundo ele, os casal iria procurar as medidas cabíveis para adotar o bebê.
Informações do g1 e foto reprodução Tv Subaé 

segunda-feira, 23 de março de 2015

Acidente entre três veículos na BA-131 deixa dois mortos e dois feridos

Rodoviária Estadual
 Duas pessoas morreram e outras duas ficaram feridas em um grave acidente na noite deste domingo (22/03), na BA-131, próximo ao município de Piritiba, que fica a 321 quilômetros de Salvador. Segundo informações do Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRE), o acidente aconteceu por volta das 20h, na altura do km 270.

Ainda de acordo com a polícia rodoviária, a colisão envolveu três veículos, mas um deles fugiu do local. Os condutores dos veículos, Marcel Barbosa de Araújo, 29 anos, do Volkswagen Gol, e Evilásio Pereira Pires, do Volkswagen Parati, foram socorridos por testemunhas para um hospital em Piritiba, mas não resistiram e morreram.
 
Genilson Santana Silva, 39 anos, que também estava no Gol, sofreu ferimentos graves e foi transferido para o Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador. Já Luciene Gomes da Silva, 39 anos, que estava na Parati, teve ferimentos leves, foi medicada e liberada. As circunstâncias do acidente não foram divulgadas e o motorista que teria causado o acidente não foi localizado.

Dupla morre depois de bater em van e ser atropelada por ônibus

Local do acidente
 Dois homens morreram na noite deste domingo (22/03) em um grave acidente na BA-120, na região do município de Queimadas, que fica a 302 quilômetros de Salvador. Segundo o Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRV), o acidente aconteceu por volta das 19h, no km 64, quando o condutor de uma moto bateu de frente com uma Sprinter que seguia no sentido oposto.

Com o impacto da batida os ocupantes da moto, Amilton César Germano da Cruz, 40 anos, e João Bispo da Silva, 35 anos, foram arremessados na pista. Segundo a polícia, um ônibus da empresa São Matheus não conseguiu frear a acabou passando por cima das vítimas. O ônibus, o motorista da van e os passageiros fugiram. A Sprinter foi abandonada a alguns metros depois do local do acidente.
 
Uma ambulância do município Santa Luz chegou a ir no local para socorrer as vítimas, mas já encontrou Amilton e João mortos. Os corpos foram encaminhados para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Feira de Santana.
 
Foto: Raimundo Mascarenhas/Calila Notícias

Ex-secretário acusa prefeito de desviar R$ 1 milhão por mês em Itaberaba

Secretário de Administr
 O ex-secretário de Administração de Itaberaba,  que fica a 264 quilômetros de Salvador, denunciou a prefeitura do município ao Ministério Público por desviar cerca de R$1 milhão, por mês, com frades em licitações e desvio de dinheiro que seria aplicado na saúde. A família do ex-secretário Alberto Magno chegou a ser ameaçada por bandidos armados dentro da própria casa. O caso está sendo investigado pelo Ministério Público Federal, juntamente com a Polícia Federal, e foi divulgado em reportagem neste domingo (22/03) pelo Fantástico, da TV Globo.

Alberto Magno trabalhou como secretário durante seis anos nos dois mandatos do prefeito João Almeida Mascarenhas Filho (PP), porém, ele rompeu com o gestor depois de descobrir as irregularidades. Alberto acusa o prefeito de furtar bens comprados para a prefeitura em 2013. “Foram 153 itens e materiais, incluindo desde diversos aparelhos de ar-condicionado splinter, geladeiras verticais, bebedouros", conta.
Segundo o ex-secretário, foi uma ligação feita para o fornecedor que o alertou. "O fornecedor me disse simplesmente o seguinte: 'não devo nada ao senhor prefeito, isso tudo foi entregue, foi entregue na fazenda dele'. Aí veio cair a ficha", lembra.
 
Pela denúncia, a prefeitura teria fraudado licitações e usado uma cooperativa para desviar dinheiro da Saúde. “Aqui nós temos diversas cópias de cheques, da cooperativa, de pessoas fantasmas, pessoas que não prestavam nenhum tipo de serviço à prefeitura”, afirma. A equipe de reportagem do Fantástico conseguiu localizar uma ex-funcionária da cooperativa Coope, que não quis se identificar, mas revelou que durante três anos de serviço, percebeu os "desvios de dinheiro".
 
Ainda de acordo com a funcionária da Coope, o dinheiro desviado - cerca de R$200 mil por mês - era dividido entre a vice-prefeita Maria José Novais, que também já foi secretária de Saúde, e Marigilda Mascarenhas, irmã e secretária de Governo do prefeito. “Eu mesma era quem ia entregar", conta a ex-funcionária. Segundo ela, o dinheiro de Marigilda era retirado por um motorista na cooperativa.
 
O prefeito negou qualquer tipo de desvio em sua gestão, entrou em defesa da Coope e disse que todo o processo, que está sob investigação, não passa de "uma manobra política". "Ela [Coope] trabalhava de uma maneira transparente, recolhendo todos os seus encargos tributários e pagando os seus funcionários sempre em dia”, garantiu.
As investigações estão sendo feitas pelo Ministério Público Federal e o Estadual, além da Polícia Federal. Atualmente, o Departamento Nacional de Auditoria do Sistema Único de Saúde (Denasus), analisa os contratos da prefeitura com a cooperativa, já percebeu irregularidades e pede que a prefeitura devolva R$ 373 mil aos cofres da Saúde. Já o MPF, solicitou a reposição de R$ 229 mil. Ainda segundo a reportagem, outras investigações do Ministério Público apontam fraudes em licitações do transporte escolar.
 
Família com medo
No dia 15 de janeiro, bandidos armados invadiram a casa do ex-secretário e roubaram os documentos que comprovam as denúncias. Tudo foi flagrado pela câmera de segurança da casa de Alberto Magno.
 
Nas imagens, os suspeitos chegam em dois carros, aguardam a saída do ex-secretário e uma dupla toca a campainha. Ao abrir a porta, a esposa de Magno, Cleidinéia, é coagida pelos bandidos armados - um deles de capacete -, que a levam pra dentro de casa. Lá, os suspeitos fazem Cleidinéia, a filha de 9 anos do casal e a mãe do ex-secretário de refém. Roubam os documentos que estavam guardados em um armário no quarto e fogem em seguida.
As imagens foram entregues à Polícia Civil do município e, apesar dos homens terem sido identificados, o delegado responsável pelo caso, Jean Silva Souza, afirmou que não pode prender os suspeitos por assalto a mão armada. "É necessário ter um conhecimento prévio sobre essas pessoas, o que não cabe à autoridade policial. A gente tem que ter uma isenção necessária antes de fazer um pré-julgamento", disse.
 
Sem amparo da polícia, a família vive com medo. “Minha filha dorme com a gente na cama de casal, e meu filho dorme no colchão no chão, porque só se acham protegidos junto com os pais”, conta Alberto Magno.
 
Informações do CORREIO 24 HORAS e foto: Reprodução/TV Globo