segunda-feira, 20 de junho de 2016

Operação Feira Quer Silêncio apreende diversos equipamentos no fim de semana

Sons apreendidos
 A equipe que realiza aos finais de semana a campanha denominada "Feira quer silencio", para combater o abuso sonoro em Feira de Santana, teve um fim de semana de trabalho intenso. Houve apreensão de equipamentos em bares dos bairros Sítio Novo, São João (Campo do Gado Velho) e Praça João Barbosa de Carvalho (praça do Fórum).

Neste último local, houve apreensão também de aparelhos de som  automotivo. Na quinta feira, foi necessário que a equipe permanecesse em atividade até as 4 horas da madrugada na Delegacia por causa de um sujeito que, flagrado em ato delituoso, dificultou a ação dos fiscais, trancando o carro e fugindo.
 
Durante a operação, foi determinada  a suspensão de atividades sonoras em casas de eventos no Sobradinho e em residências, no Feira V e Loteamento Modelo. A ação resultou na  aplicação de autos de Infração na Santa Mônica e monitoramento dos trailers da região do Colégio Polivalente (Mar da Tranquilidade) e de outros estabelecimentos no Tomba, Feira VII, Jomafa, Pampalona, CIS,  Capuchinhos, Centro, Kalilandia e Queimadinha.
 
O trabalho ainda rendeu  a retirada de 30 peças publicitárias entre banners, faixas e cartazes, fixados em diversos pontos da cidade em inconformidade com a legislação em vigor. Essa operação, como sempre, conta com o apoio de diversos órgãos de segurança, especialmente da Polícia Militar (neste domingo, através das companhias 64 e 67. 
 
O secretário de Meio Ambiente e Recursos Naturais, Maurício Carvalho,  informa que o Município continuará empreendendo "todos os esforços possíveis"  para combater os abusos e excessos causados por infratores ambientais.

DRFR prende duas mulheres acusadas de aplicar golpe “Boa Noite Cinderela”

Material apreendido
Policiais do Serviço de Investigação da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR) de Feira de Santana, sob o comando do delegado André Ribeiro prenderam duas mulheres na tarde de sexta-feira (17-06-16). Elas são acusadas de aplicarem o golpe “Boa Noite Cinderela”, em clientes e depois roubavam objetos, como moveis, eletro eletrônico, dinheiro e outros.

As duas foram identificadas como: Alexandra Santos Cruz, Prostituta e Lindiomara Santos de Jesus, a Mara, 31 anos. Com elas os policiais apreenderam moveis e eletro domestico, roubado da ultima vitima que fizeram no dia 12 deste mês.
“Nessa última vitima, um senhor de idade, estava bebendo em um bar próximo do terminal rodoviário, depois atraíram a vitima para residência da mesma, deram o Boa Noite Cinderela e roubaram tudo que podiam, deixaram a casa do senhor sem nada, nesse roubo após somar tudo que roubaram, chegamos ao valor de R$ 20 Mil Reais”, frisou o delegado.
 
André Ribeiro afirmou também, que Alexandra é garota de programa, onde trabalha na Praça da Matriz. “Ela e a parceira, escolhe sempre homens com idade avançada, onde embebedam as vitima, depois aplica o golpe, colocando o Boa Noite Cinderela e roubam tudo. Em algumas das vitima, elas furtam o cartão de banco e fazem saques”, pontuou Ribeiro.
 
As duas foram conduzidas para DRFR e autuadas por furto qualificado.

PRF prende traficante com 100 kg de maconha em Feira de Santana

Momento da prisão
 Agentes da Polícia Rodoviária Federal prenderam um homem de 24 anos no fim da manhã desta sexta-feira, 17, no KM 07 da BR 324, trecho do município de Feira de Santana.

O criminoso, que não teve a identidade revelada, pilotava uma moto modelo Honda Biz, quando foi flagrado com 100 kg de maconha. De acordo com nota da PRF, no momento da abordagem,  o traficante tentou fugir da fiscalização policial, mas foi alcançado cerca de 500m depois.
 
Os policiais encontraram escondidos em um compartimento localizado entre as pernas do criminoso quatro pacotes contendo maconha. O suspeito foi encaminhado para a delegacia de polícia judiciária local.
 
Informações do A Tarde

Taxista é preso com 31 kg de maconha no porta-malas na BR-324

Taxista preso
 O taxista Sérgio Roberto Nascimento de Souza, o TX, 40 anos, foi preso na sexta-feira (17/06) transportando 31 kg de maconha, na BR-324, em Camaçari, Região Metropolitana de Salvador.

Uma equipe do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) parou o taxista na saída de Camaçari. A droga foi encontrada no porta-malas do táxi, um Focus prata, embalada em fita adesiva. Os pacotes estavam em sacos plásticos.
 
Sérgio foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e já foi encaminhado para o sistema prisional.
 
Informações do CORREIO

segunda-feira, 13 de junho de 2016

Mulheres sobrevivem a incêndio em casarão e crianças estão sumidas

Local do acidente
 Uma mulher de 39 anos e a mãe dela, uma idosa, que é cadeirante, conseguiram sair do casarão que pegou fogo em Cachoeira, cidade histórica do Recôncavo Baiano, na tarde de domingo (12), segundo informações da Polícia Militar.

De acordo com a PM, dois meninos de três e cinco anos, filhos da mulher que sobreviveu, não conseguiram sair do casarão e podem ter morrido durante o incêndio.
 
A mulher contou à polícia que não conseguiu resgatar os menores porque o quarto em que estavam foi tomado pelo fogo e por isso saiu para pedir ajuda.
 
O sub-tenente Boudoux da Polícia Militar informou que a mãe das crianças está medicada após o incêndio. "O irmão das crianças, de 24 anos, disse que eles [as crianças] poderiam estar com fogos de artifício dentro do quarto", disse o sub-tenente da PM.
No momento do incêndio, além da avó, da mãe e do filho mais velho, também estavam no casarão um amigo da família e animais. O imóvel tem cerca de 10 cômodos.
 
Na manhã desta segunda-feira (13), a PM aguarda a chegada de equipe do Departamento de Polícia Técnica (DPT) da cidade de Santo Amaro, a cerca de 40 quilômetros, para confirmar a morte das crianças e realizar perícia no local. Segundo a PM, uma loja de eletrodomésticos ao lado do casarão também foi atingida pelo fogo e o telhado caiu.
 
A polícia informou que o casarão fica localizado na Rua da Feira, e que o fogo começou por volta das 16h30.
 
Ainda segundo a polícia, duas equipes do Corpo de Bombeiros, de Santo Antônio de Jesus e Feira de Santana, chegaram ao local por volta das 18h e conseguiram apagar as chamas. Conforme a PM, a cidade de Cachoeira não conta com unidade dos Bombeiros. 
Não há informações sobre o que pode ter motivado o incêndio. Segundo a polícia, somente as paredes laterais e a fachada do casarão permanecem em pé. O imóvel é tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), conforme a PM.
 
Informações do g1 e foto: Fábio Santos/Site Voz da Bahia e Forte da Noticia

Policial Militar encontrado morto dentre de porta-malas de carro

Local do crime
 No inicio da manhã desta sábado (11/06), o corpo do policial militar José Jardel Lima Santos que era lotado na 64ª Companhia Independente de Polícia Militar (64ª CIPM) foi encontrado morto dentro do porta malas do veículo Crossfox placa NXV- 5466 de sua propriedade ,na extensão da Avenida Fraga Maia, nas proximidades do Conjunto João Paulo II e da estrada que ada acesso ao bairro do Papagaio em Feira de Santana.

Segundo informações da polícia, populares acionaram uma equipe do pelotão de motos da 66ª CIPM, informando que o veiculo Crossfox placa NXV- 5466, estaria abandonado desde madrugada com suspeita de ter alguma pessoa morta no interior do carro. Os policiais foram até o local onde constatou que havia um corpo dentro do veículo.
 
Ainda de acordo com a polícia, a vítima estava enrolada em um cobertor grosso e tinha perfurações de arma branca na região do rosto, cabeça, na nuca e na costela direita. Ao que tudo indica, a arma utilizada no crime foi um objeto perfuro cortante, provavelmente uma faca.
Policiais plantonistas da Delegacia de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP), juntamente com peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT), sob o comando do delegado Laercio Santos, compareceram ao local do crime, onde realizaram o levantamento cadavérico e iniciaram as primeiras investigações. Vários policiais de diversas companhias acompanharam o trabalho da pericia. O corpo estava com enrijecimento o que leva a crer que a vítima pode ter sido assassinada durante a madrugada pelo menos 6h antes do corpo ser encontrado.
 
O delegado Laercio contou que aparentemente o policial foi assassinado em outro local e o corpo levado para o final da Fraga Maia, mas a pericia que deve comprovar como aconteceu o fato. "Já fizemos a perícia onde estava o carro e o corpo, porém vamos fazer outras perícias para chegarmos a uma linha de investigação e encaminhar as investigações para que a Delegacia de Homicídios possa investigar o crime", explicou o delegado.
 
Tortura
De acordo com um policial que compareceu no levantamento cadavérico, o soldado Jardel, que estava na polícia desde 2005 pode ter sido torturado, já que o corpo apresentava vários cortes, provavelmente feito com faca.
“Com certeza torturaram meu colega, ele não merecia isso, Jardel, era um policial honesto, policial tranquilo, todos que o conheciam, sabe do que estou falando. Policial na dele, não mexia com ninguém. Mas, Deus vai mostra quem fez essa perversidade com ele e quem fez vai pagar”, finalizou o colega que não quis ser identificado.

Pai e Filhos presos em flagrante após matar borracheiro na Presidente Dutra

Local do crime
 Policiais Civis da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR), que tem no comando do delegado André Ribeiro prenderam em flagrante no final da manhã desta sexta-feira (10/06) em Feira de Santana, os irmãos Valdeir da Silva Martins, 19 e Valdinei da Silva Martins, 18anos e o pai Dorival Pereira Martins, 49 anos.

Os três são apontados como autores do homicídio que aconteceu na Avenida Presidente Dutra, próximo a um ponto de ônibus e teve como vitima um homem, até o momento identificado como “Galego”. 
 
Segundo informações da Polícia, Galego, que era borracheiro, assim como os autores do crime. A vitima foi morta com dezenas de facadas, que foram desferidas pelos assassinos após uma discussão por causa de R$ 10,00.
Ainda de acordo com a polícia, o desentendimento surgiu devido disputas por comércio de trabalho. De acordo com a versão da Polícia, um dos filhos disse que o pai foi ameaçado pela vítima na última quinta-feira (9) e o filho mais jovem, Valdinei, foi tirar satisfação nesta sexta (10), quando entraram em vias de fato, e este golpeou a vítima, e o filho mais velho, Valdeir e o pai Dorival também esfaquearam ‘Galego’, que faleceu no local.
 
O trio ainda tentou fugir, mas os acusados foram capturados por investigadores da DRFR. Policiais do Serviço de Investigação da Delegacia de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP), juntamente com peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT), compareceram ao local do crime, onde realizaram o levantamento cadavérico.